Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Canduras

A sensibilidade melancólica de um sorriso simples. Um mundo cheio de nadas e nadas cheios de mundo que preenchem paredes cheias de sonhos.

Canduras

A sensibilidade melancólica de um sorriso simples. Um mundo cheio de nadas e nadas cheios de mundo que preenchem paredes cheias de sonhos.

Nunca mais! Talvez!

por Ana Luisa, em 26.02.15

Pela primeira vez fiquei acordada até às 5:15 da manhã para ver os Oscars até ao fim. Uma das coisas que uma desempregada tem privilégio de fazer, infelizmente.

Por uma vez na história dos Oscars, ninguém fez figuras tristes (excepto o John Travolta), as piadas do Neil Patrick Harris não foram tão boas quanto eu esperava e o meu amigo Benedict Cumberbatch não ganhou o Oscar! (não estava à espera que o ganhasse de qualquer das maneiras, mas podemos sempre sonhar!)

À parte de umas performances bem conseguidas (adoro Lonely Island) e dos premiados que já estávamos à espera que fossem, foi uma edição mediana. Gostei da divisão dos prémios pelos vários filmes e do destaque dado ao Grand Budapest Hotel, filmes do Wes Anderson merecem sempre destaque!

Para o ano, quando chegar esta altura vou pensar duas vezes no directo. Se me contradisserem, têm bom remédio:

(estava mesmo ali! tinha que ser!)

Pinterest

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo