Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Canduras

A sensibilidade melancólica de um sorriso simples. Um mundo cheio de nadas e nadas cheios de mundo que preenchem paredes cheias de sonhos.

Canduras

A sensibilidade melancólica de um sorriso simples. Um mundo cheio de nadas e nadas cheios de mundo que preenchem paredes cheias de sonhos.

Uma Senhora Menina?

por Ana Luisa, em 17.03.15

Penso que as pessoas não sabem o que me chamar.

Ando a recolher papelada para o Estágio PEPAL. Pela enésima vez, cheguei à ISS da minha cidade e a D. Eliza que me atende sempre pergunta: "a senhora trouxe o seu Cartão de Cidadão?" Sempre que o ouço torço o nariz, entregando-o com um sorriso. A ideia do "senhora" ainda não caiu em mim.

De seguida vou à minha Secundária. Peço uma caneta a uma miúda que estava sentada numa mesa (uma jornalista sem caneta, matem-me, onde é que já se viu? Até tenho vergonha.) e vou à Secretaria. Aí a senhora pergunta-me, depois de explicar o que queria: "Mas tu já acabaste o Secundário?". Quando lhe digo que sim, há 4 anos, a mulher fica azul e diz-me o que tenho de fazer de seguida. 

Mundo, se me ouves, decide-te, sou uma menina ou uma senhora? Sou uma senhora com cara de menina ou uma menina com anos a mais que a fazem uma senhora? Não sei, não percebo. Quando eu era miúda, a minha avó chamava-me senhora menina. Gosto e acho que agora mais que nunca faz sentido.

 

Obrigada, esclareci-me, mas isto está a deixar-me aborrecida.

(*)

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo